5 mulheres para acompanhar os passos em 2016 e sempre!

No-devagar-depressa-dos-tempos_diretora-Eliza-Capai

Quando digo que faço o Andarilha, muita gente acha que se trata de um projeto sobre viagens. Mas Andarilha é muito além de deslocamentos físicos, é sobre um estado de espírito em busca de autoconhecimento, sempre.

Em uma Semana Especial Andarilhas, entrevistamos 5 mulheres que provocam mudanças de seu lugar de ser e estar, às vezes colocando a mochila nas costas, outras somente se desafiando a conhecer um lugar que nunca tinham ocupado antes. O importante é a busca interna e o caminho é sempre a arte: de fotografar, de fazer documentários, de criar, de questionar e de dar voz.

Uma jovem artista que desloca seu corpo para dançar break e conhecer “Neguin”. Uma consagrada fotógrafa naturalizada brasileira caminha ainda por fora dos grandes centros do país em busca de inspiração. Uma fotojornalista se propõem viver sem endereço fixo, indo aonde a fotografia a leva. Uma documentarista itinerante busca se conhecer melhor através dos outros, viajando pelo mundo com uma câmera nas mãos. Uma pesquisadora cultural procura ocupar um lugar nunca antes visitado e, de onde menos se espera, ela fala sobre amor.

Cinco mulheres para acompanharmos os passos sempre:

1Neguin_12

Eu continuo fotografando pelo desejo de compartilhar um pouco dessa vida pulsante, da vertigem que um encontro produz em mim […] É sobre o desejo de ver o outro, o que pra mim implica em se deixar ver também. Alcançar e ser alcançado.”

Daniela Paoliello

Deslocadas2-1024x683

Existe mesmo essa abertura de ir caminhando. Se por um lado existe uma fragilidade muito grande de ser uma mulher andando sozinha com uma quantidade visível de equipamento/dinheiro; por outro, essa fragilidade eu sinto que pode ser um trunfo”.

Eliza Capai

Screen-Shot-2015-12-14-at-12.07.36-AM

“São desses encontros que eu acredito que vão florescer novos fotógrafos. O bom é estar acontecendo tudo isso fora dos grandes centros. Isso atrai pessoas, pessoas de todo o tipo, pessoas fora do comum.É muito interessante pensar sobre essa descentralização da produção cultural no Brasil!”

Maureen Bisilliat

 

Screen-Shot-2015-12-14-at-12.44.36-AM

“Finalmente, estou em paz porque entendi que não é todo mundo que nasce pra seguir durante uma vida a profissão que escolheu quando adolescente; não é todo mundo que nasce para se aposentar como celetista; não é todo mundo que nasce pra casar e ter filhos. Eu nasci pra viver em movimento”.

Marizilda Cruppe

 

“Poder mostrar prostitutas através de seus “estados e amor”, não mudou só a minha vida, foi a forma que consegui expressar este ponto de vista contemporâneo dos desejos e sensibilidades femininos”.

Maria Carmencita Job

 

The post 5 mulheres para acompanhar os passos em 2016 e sempre! appeared first on IdeaFixa.

Go to Source

Esta entrada fue publicada en Architecture, art, Art & Visual Culture, culture, educational, film, media, Music, photo, projects, science, technology. Guarda el enlace permanente.